domingo, 13 de dezembro de 2009

Ana e seu jorge


Ana & Jorge

Ana & Jorge, foi gravado durante o projeto "Tom Acústico" de 2004, promovido pela casa de shows paulista Tom Brasil (Hoje HSBC Brasil), que reúne artistas de diferentes gêneros musicais, mas com grandes afinidades. O show rendeu um álbum e um DVD, intitulado "Ana & Jorge", lançado pela gravadora Sony no ano seguinte, obtendo ótima receptividade de público e crítica. O single "É Isso Aí (The Blower's Daughter)", uma versão de Ana Carolina para The Blower's Daughter, do cantor Damien Rice, ficou estourada nas rádios.









     Ana e Seu Jorge
                                                        
Conhecia o trabalho de Ana e Seu Jorge por ouvir na rádio as músicas, ainda não tinha o CD nem o DVD. Mesmo assim já conhecia 15 canções desse trabalho. Não comprei o DVD por considerá-lo caro. Um colega sabia que eu gostava da Ana Carolina e que desejava muito ver o DVD, mas ele nada de empresta-me para eu assistir (não pedi porque não precisava, para bom entendedor meia p…) e ainda chegou ao cúmulo de afirmar que tinha rolado alguma coisa entre os dois e que esse clima ficava evidente entre eles no DVD, segundo ele. Questionei mesmo não tendo visto ainda, ele não possuia parâmetros para tal declaração. A música em si é Clima e Energia, ele desconhecia esse “princípio”. Nas locadoras só via DVD de forró!
Encontrei finalmente em uma locadora, 100% Vídeo (Vale o Merchandising), depois de uma longa busca. Loquei e assistir. Que DVD! Que Show! Que Parceria!
Numa Conversa com minha amiga Vanessa, em que o assunto era essa Parceria da Ana e Seu Jorge, falei de uma crítica que eu li sobre esse trabalho em que era colocado que ao contrário do que a gravadora alega: esse show/parceria não saiu por acaso. Há uma estratégia atrás disso. Van disse: “Em geral, a estratégia é de colocar um artista em decadência com um outro em grande sucesso. Uma maneira de alavancar quem vai mal.” Esse não o caso de Ana e Seu Jorge, sabemos disso, eu e ela, ou qualquer outra pessoa. Ela é sucesso: músicas nas rádios, em novelas globais, excelentes vendagens e críticas favoráveis. Ele … bem é desconhecido do grande público, é o que dá ser um artista Cult, adorado pelo franceses. E a combinação entre eles dá certo, super certo! Basta ouvir as músicas, nem precisa assistir ao DVD!
Essa crítica musical que eu li não se mostrava (tão) empolgada com essa dupla. Creio que o tal “acaso” da parceria dito pela gravadora tenha influenciado muito (é fato que inexiste acaso nesse caso-indústria fonográfica). O crítico coloca a grande parceria Elis e Tom (e é) para desmerecer Ana e Seu Jorge, ele foi infeliz nessa comparação esdrúxula e desnecessária!
O legal desse album é que Seu Jorge aparece para a grande massa, agora ele não é um artista Cult só para as elites intelectuais (ou culturais), é para as massas também, pelo menos nesse trabalho com a Ana bem Música Popular mesmo Brasileira.
A Estrutura do DVD evidencia esse propósito. Ele abre o show cantando solo, a música Seu Gonza e na quinta Carolina, em que a Ana que também é Carol(ina) entra com seu poderoso pandeiro (Meu sobrinho adorou!). Ela linda, no seu pretinho básico, ele idem, de branco com sapatos pretos! Daí então os dois dividem o palco. Cantam : Comparsas/ Pequenez e o pitbull a Nega Marrenta. Destaque para: Tanta Saudade em que Ana assume um baixo (seguindo o conselho do seu parceiro) e Seu Jorge, o violão; É Isso aí, também se mostra Irresistível por mais que tenha tocado demasiadamente nas rádios e estourados os tímpanos mais sensíveis, é mais uma versão, dessa vez uma boa versão de Ana que não dá pra não ouvir; Prá Rua Me levar , uma música que fala de Solidão e Amor Próprio num tom inteligente, música do album Vestido Estampado de Ana; E a original e singular Chatterton, do trabalho Cru, do Seu Jorge, Massa!
Ana fica só no Palco. Canta Notícais Populares e conta a História da composição dela. Muito boa! Ela ler o Texto Só de Sacanagem de Elisa Lucinda. Um momento de Reflexão e Desabafo, artista também é cidadão, Carol deixa isso comprovado! Canta Brasil Corrupção de Tom Zé, nada mais atual e Brasil! Vem Beatriz de Chico Buarque, linda! Mais que isso, o amor é mais que um rosto bonito diz a letra, canção (do album…adivinhem?!) de Vestido Estampado. E Garganta do primeiro trabalho, bom ouvir,o primeiro sucesso de Ana!
Seu Jorge volta ao palco, toca clarinete e Ana canta Vestido Estampado (daquele Album) termina com o hit o Beat da beata para o público sacudir. Aí dá para ver o público e sentí-lo mais!
O clima do DVD não é que tenha rolado “algo ” (tipo ficado) entre Ana e seu Jorge, e isso não é evidenciado (Nem importa)! O que transparece é Profissionalismo, Energia, Criatividade, Inteligência e Muito Talento. O roteiro, direção e a produção musical desse trabalho foram assinados pela dupla !
Os extras são ótimos, imperdíveis: Mais Samba é maravilhoso, Alfredo, é Gisele então… mais um bom textode autoria de Elisa Lucinda, as fotos idem !


Vale o DVD, ver Seu Jorge ( que antes a maioria não via nem conhecia), Ana e Seu Jorge, Ana, Ana e Seu Jorge. Ele preto incialmente de branco com sapatos pretos, ela branca de preto o show inteiro. Eles sempre com um instrumento: baixo, violão, pandeiro, clarinete. Sentados no banco ou em pe´, deram um show, juntos e separados! Adorável a parceria, não é tão comum assim isso acontecer: não me importa saber se foi o acaso ou não (até acho que não foi).O que em geral ocorre é se chamar alguns “parceiros” ou colegas e se divide o show! Não é sistemático nem produtivo. Então viva a Ana e Seu Jorge!




3 comentários:

  1. Cada Dia Que Passa Seu Blog Fika
    Mais Perfeito, Mais Do Que Já Éh Néh .

    ResponderExcluir
  2. André -Seu talento é extraordinário..rs não existe igual !!

    ResponderExcluir

Copyright 2008 : ::.Fã-club A.C MINHA HISTORIA 10 ANOS DE CARREIRA - FÃ-CLUB Oficial A.C .::-